Follow by Email

quarta-feira, 21 de março de 2012

Como fazer a lista de convidados

Olá meninas!!!


O post de hoje é um pouco "delicado" e com certeza mais um na minha lista dos tópicos polêmicos.
Quem nunca teve problemas na hora de fazer e cortar a lista de convidados para o casamento? Todas nos sabemos que é uma das piores coisas a ser feita. Hoje vou te ajudar a minimizar o estresse que você terá nesse momento inevitável.


Na hora que resolvemos casar, logo pensamos em convidar "Deus e o mundo" para aquele momento, mas ai olhamos para o nosso orçamento e a ficha cai rsrsrs. É nessa hora que temos que fazer o doloroso assassinato no papel e damos aquela RISCADA nos nomes. A questão é que além de "apagar" os joselitos, acabamos tendo que excluir muitas pessoas das quais gostamos.

Antes de dar as dicas para a montagem da lista, vamos traçar o perfil de alguns pretendentes à convidados que devem ser evitados:

  • O interesseiro: Aquele com quem você estudou ou trabalhou há 9 anos atrás e depois disso perdeu o contato. Não fala contigo nas redes sociais, não te liga no aniversário e nem ao menos te dá um oi. Agora que ficou sabendo que você vai casar, te liga, pergunta como você esta e faz te tudo para se manter presente pra ver se é convidado. Depois do casamento, volta a sumir!
  • O mordido: É o que acha que você tem a obrigação de convidar. Não quer saber se a sua lista já esta no limite. Faz de tudo para ser convidado e fica procurando saber quem você já convidou. E quando descobre que não foi chamado, fica jogando indireta e começa a virar a cara pra você. 
  • O desconsiderado: Aquele que pede pra ser convidado e você faz aquele esforço e tira alguém da lista pra poder colocar esse. Quando você começa a a atualizar o RSVP, ele diz que não vai pois tem  o aniversário do cachorro da prima de segundo grau.
  • O falso: Aquele que finge que te adora mas que você sabe que não vai com a tua cara. Esta esperando pra ser convidado pra depois sair falando mal do seu vestido, do buffet, da música e do papel higiênico do banheiro.
  • Acompanhante do amigo: Aquela pessoa que você nunca viu na vida e no final do casamento vai aumentar a sua lista de gastos extras. Geralmente é a ficante do seu amigo que estava com ele no dia e resolveu fazer parte da festa. Na hora dos cumprimentos te abraça, dá os parabéns, escreve no livro de visitas, sai em quase todas as fotos e ainda pega o seu bouquet.
  • Exibicionista: Pessoa que quer aparecer mais que os noivos. Exagera na maquiagem, vai com um vestido que quase mostra o útero e se puder, vai de branco, bege ou qualquer tonalidade clara. Se tiver microfone, vai lá pro palco para falar qualquer coisa "engraçada" e tenta ser o centro das atenções.
  • O bêbado: Aquele que você sabe que não tem limites. Bebe todas na sua festa e ainda paga mico. Geralmente acaba causando algum acidente (do tipo derrubar alguma mesa) ou arrumando briga. Se você falar que não tem bebida na festa já fica reclamando.
  • O mal amado: O que reclama de tudo. Diz que a noiva esta demorando, que a comida esta gelada, que a bebida esta quente, que a música é ruim, que a decoração esta feia e que podia estar em casa assistindo a novela. Nem preciso continuar, né?
  • Os amigos dos pais: Muita gente passa por essa dificuldade. Geralmente nossos pais ficam tão felizes com o nosso casamento, que fazem questão de chamar muitos alguns amigos para comemorar também. Muitas vezes são pessoa que nem temos contato, mas precisamos ser racionais nesse momento: seus pais estão ajudando a bancar o casamento?
    - Sim: então não tem jeito. Abaixe a cabeça e aceite. Apenas estabeleça um limite de quantidade de pessoa que eles podem chamar.
    - Não:  Converse com seus pais e explique a sua prioridade. Convide todos aqueles que você quer, e  diga que se sobrar convite, você vai disponibilizar alguns para que eles possam convidar os amigos. 
    As duas situações são extremamente complicadas, cabe a vocês analisarem cada caso e tomar a melhor decisão, sem ter que prejudicar o relacionamento com a família.


Após o momento "sad but true", temos que levar em conta todos os outros convidados que fazem cada momento valer a pena. E mesmo tendo tanta gente querida, infelizmente precisamos voltar à realidade e enxugar nossa lista para caber no nosso bolso. Então à partir deste momento, vou te ajudar a montar a sua:


1º) Estabeleça prioridades.
Se puder, faça uma planilha. Coloque primeiro aqueles que não podem faltar no seu casamento. Depois aqueles que você gostaria que estivessem presente, depois aqueles que você "pode chamar", e aqueles que podem ficar para a "repescagem". Pode parecer cruel, mas infelizmente é assim.
Vá colocando os nomes até completar a sua lista. Passou do número estabelecido, já sabe que não vai poder chamar.


2º) Faça uma divisão justa.
Se na sua festa são 100 convidados, 50 convites serão seus e 50 do noivo. Assim vocês estabelecem quantos podem chamar. Se o seu parceiro já chamou todo mundo que ele queria convidar e mesmo assim sobraram uns 7 convites, ai sim você poderá pegar para você. Lembre-se que ele também tem parentes, amigos e pessoas queridas.


3º)Distribua convites individuais.
Os convites individuais são usados para manter o controle da quantidade de pessoas que irão ao seu casamento/festa. Contrate um segurança ou algum profissional que fique na porta do lugar recebendo os convites, permitindo então a entrada. Comunique aos seus convidados que sem o convite individual, eles não poderão entrar. Com isso você elimina os "bicões" e ainda mantem um controle de quem esta no lugar (para depois prestar contas com o buffet).
Obs: Além do convite individual, deixe uma lista com o nome dos convidados com o segurança, pois assim ele vai "dar um ok" na pessoa que já entrou e também caso alguém esqueça seu convitinho poderá dar seu nome na porta.


4°) Evite situações constrangedoras.
Sabe aquele seu ex namorado que hoje em dia é um bom amigo mas que seu parceiro não gosta? Não convide! Afinal de contas ninguém quer ver ex no seu casamento e tampouco queremos criar alguma situação chata no dia mais importante de nossas vidas. O caso não se aplica só a ex, mas também aquelas amizades que não são muito bem "digeridas" pelo nosso cônjuge. Se você não quiser abrir mão desses convidados, então depois não reclame se ver alguém que você não suporta..afinal: direitos iguais! 


5º) Converse com seus convidados
Se o grau de intimidade for muito grande, fale com aquele casal de amigos que serão muito bem vindos ao casamento, mas que infelizmente você não poderá chamar o namorado da filha deles. Explique que é uma celebração apenas para os mais íntimos. Se você tiver tato para falar sobre isso, tenho certeza que eles entenderão.
Caso você não tenha intimidade, apenas entregue os convites individuais que já fica explicito. E se eles perguntem se podem chamar mais alguém? Diga que no momento esta entregando os convites com prioridades, que se sobrarem individuais você os entregará pessoalmente.



6°) Evite comentários pessoais no seu trabalho.
Se você trabalha em uma empresa com muitos funcionários e não pode ou não pretende chamar todos, então não fique comentando nada sobre seu noivado, chá de panela e casamento.
Chame apenas os mais próximos e NEM PENSAR em colocar no mural do trabalho comunicando o grande evento.



7°) Não se sinta na obrigação.
Só porque aquele seu colega te convidou para o casamento dele, não quer dizer que você é obrigado a convidá-lo para o seu. O mesmo serve para aniversários, batismos, etc... Se você não esta retribuindo da mesma forma é porque você tem suas limitações e não porque você é desconsiderado.


8°) Tenha uma lista B.
A "lista B" serve para os suplentes. Considerando que se uma porcentagem faltar ao casamento (e avisando com antecedência), você poderá chamar mais alguns para completar a sua lista sem deixar muitos de fora. 



Sei que depois deste post muitos irão me odiar rsrsrs, mas a verdade tem que ser dita! E eu quero ajudar todas as noivas que irão passar pela mesma situação que a minha. É por isso que estou sendo 100% honesta e direta. Estabeleçam prioridades, convidem os mais chegados e não se estressem!!

Beijos e até o dia do casamento.


11 comentários:

  1. Maryhannah
    Adorei novamente seu post.
    Posso "copiar" e citar a sua fonte???
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Claro Gabi!!! Fica a vontade!! Estou aqui pra ajudar a todas!! Afinal de contas, todas passamos por isso, não é? :)

    ResponderExcluir
  3. conheci seu blog pelo orkut, desde então estamos tendo um caso... eu vivo aqui olhando olhando olhando ... e nada melhor compartilhar o selinho que ganhei com o blog que eu fico namorando ..... passa no meu blog tem um selinho especial pra você

    http://tudopodevirarrealidade.blogspot.com.br/2012/03/ebaaahhh-1-selinho-do-blog.html

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada pelo carinho Daiane!
    Espero sempre estar ajudando!!
    Adorei o selinho e já coloquei no blog!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post, é tudo verdade! Quantas pessoas resolvem virar nossos amigos na época do casamento né? hehehe Beijão
    aah estou seguindo o seu blog!

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari
    Vou "copiar" o texto mesmo, tá? Mas claro que vou te citar!

    Querida amiga-noivinha-blogueira
    Tem selinho no meu blog para vc! Obrigada pelo carinho!

    Um bjo,
    Gabi

    ResponderExcluir
  7. Amei, so assim as pessoas que nao fazem parte da roda de amigos intimos, vai se tocar.beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Amei!! Vou citar no meu blog (colocando a fonte, claro).

    Bjo!

    ResponderExcluir
  9. Nossa adorei a dica, nunca tinha pensando em classificar nesta ordem, mas dessa forma fica muito mais facil. Valeu pela dica.vou segui-lá.Bju.Shirley

    ResponderExcluir
  10. Achei válido, mas muitos não iram entender...

    ResponderExcluir